CGPTERR/SEPLAN representa Governo em IV FÓRUM de Integracã
Repórter: | Edição: | Foto: Foto: Max Schmöller

O Secretário de Estado Adjunto do CGPTERR/SEPLAN, Wesley Gonçalves de Souza, participou no dia 20 de novembro de 2015 do IV FÓRUM DE INTEGRAÇÃO: Ensino, Pesquisa, Extensão e Inovação Tecnológicas promovidas pelo Instituto Federal de Roraima.

A temática “Inovação Tecnológica: Perspectiva para o Estado de Roraima” foi aborda pelo Secretário para uma plateia de professores, acadêmicos do instituto e convidados de outras instituições, abordando aspectos econômicos, geográficos, legais e humanos da inovação tecnológica para o Estado de Roraima.  

“Mesmo com todas as áreas de proteção Federal, Estadual e Municipal, Roraima é privilegiado pelo sua posição geográfica no quesito escoar e exportar para o Caribe e o mundo, tudo aquilo que Roraima pode produzir.” 

Destacou a atuação da atual gestão do Estado em dar mais celeridade no tramite de regularização do licenciamento ambiental, para que novas práticas e tecnologias possam chegar ao homem do campo. 

“O Estado tem vocação para a agroindústria, e procuramos dar estrutura e incentivos para que grandes empresas de outros Estados e Países possam investir recursos e tecnologia aqui, gerando emprego e renda”.  

Apresentou uma tecnologia de monitoramento e mapeamento usando veículo aéreo não tripulado –VANT (nome Oficial), conhecido  popularmente como Drone, no qual dependendo do modelo e de sua carga pode ser usado oficialmente no monitoramento em ações de combate ao desmatamento ou atividades ilegais como mineração ou entorpecentes.

“As leis brasileiras que regulamentam essa categoria dividem em VANT, os veículos controlados remotamente por um piloto e carregam alguma carga útil como produto ou serviço, e Drone todos os veículos para fins recreativos, esses por não ter legislação específica se enquadram na categoria de aéreo-modelo”. Destacou Wesley

 OS VANTS são usados em agricultura de precisão e mapeamento de cidades e limites, com custo muito inferior ao de mapeamento com avião convencional, tendo um retorno financeiro e operacional imediato, para o gestor na tomada de decisões de políticas públicas.